Escola

allan_kardec_montagemcropped-FDJ.jpg

Hino dos Aprendizes

Livros utilizados na Escola de Aprendizes do Evangelho:

(clique no link abaixo e o livro abrirá em outra janela)

 

O REDENTOR – Edgard Armond

INICIAÇÃO ESPÍRITA – Edgard Armond

 

(clique no link abaixo e a programação abrirá em outra janela)

AULAS DO 2º ANO – QUARTA FEIRA às 20:00

 

AULAS DO 3º ANO – TERÇA FEIRA às 20:00

 

AULAS DO 1º ANO – SEGUNDA FEIRA às 20:00

 

 

 

Trata-se de um programa organizado para proporcionar a vivência do Cristianismo como proposta essencial de aperfeiçoamento moral da Humanidade através da Reforma Íntima do Ser. Busca a renovação do homem em seus sentimentos, pensamentos e atitudes, proporcionando-lhe experiências de verdadeiro auto  conhecimento e despertamento de seus ideais divinos. As Escolas de Aprendizes do Evangelho preparam e purificam os espíritos para o ingresso na busca de uma vida mais perfeita, na comunhão com Deus, despertando, todos os dias, a consciência interna para que vibre em sintonia com os planos espirituais mais elevados.

Não é um curso comum de acumulação de conhecimentos, mas uma Escola Iniciática dando ao aprendiz oportunidade de adestrar suas forças, sem temor e represálias, terçando armas contra si mesmo e provando que está combatendo por decisão própria sem engodos ou forçamentos, visando seu próprio engrandecimento espiritual.

Para atingir suas finalidades, a Escola de Aprendizes do Evangelho faz uso de um programa integrado de aulas e atividades, bem como encaminhamento dos alunos para o trabalho.

Concluída a Escola de Aprendizes do Evangelho, os alunos que sentirem em si o ideal de servir a Jesus, através do serviço dedicado ao bem do semelhante e da divulgação das verdades Evangélicas, podem postular seu ingresso como membros da Fraternidade dos Discípulos de Jesus.

Mensagem do Comandante Edgard Armond aos Aprendizes do Evangelho:

“Caros Aprendizes do Evangelho, os grandes obreiros da seara do Mestre, seus amados Apóstolos, deixaram, como vimos acima, exaustivos escritos sobre a fé, a lei e as obras.

De tudo isso podemos concluir que o indivíduo que segue a lei dos homens é tido por bom cidadão, mas aquele que firmemente se atém às leis de Deus é Espírito puro, e, para tanto, deve imitar a Cristo, enviado do Pai para que o tome por modelo de conduta. O Espírito puro conquista essa condição por sua evolução, não estando mais debaixo das leis porque não precisa delas, lavradas que estão no seu íntimo e fazendo parte de si. O Espírito puro e aquele que, distanciado da matéria bruta, já não deve aos impulsos menos nobres do corpo, antes supera as paixões e adota o amor, a paz, a paciência, a benignidade, a bondade, a longanimidade (1), a mansidão, a fidelidade, a modéstia, a continência, a castidade, a caridade. Contra estas coisas, diz Paulo, não há lei.

Tais coisas são conquistadas mediante nossa transformação e reforma interior, através do trabalho, isto é, das boas obras, da fé, da prática constante das virtudes crísticas com autêntica humildade de coração e devotamento a Jesus, nosso Amado Mestre, porquanto, se a fé sem obras é morta, as obras sem fé não tem calor: falta-lhes o amor que vivifica.”

1- Tolerância, Paciência e Perseverança